terça-feira, 31 de julho de 2012

Alimentação II

<!-- HTML Credit Code for Can Stock Photo--> <a href="http://www.canstockphoto.com">(c) Can Stock Photo</a>

Em teoria, devíamos ter começado a introduzir as frutinhas na alimentação do João quando ele estava com uns 4 meses. Porém a pediatra optou por esperar a cirurgia pois não queria arriscar que uma alteração na alimentação pudesse causar uma maior acidez nas fezes e consequentemente alguma irritação na pele ao redor do estoma.
Porém, quando a cirurgia não foi como esperávamos e vimos que o João continuaria com a ileostomia por mais um tempo, decidimos começar com as frutinhas.
Esperamos duas semana após a alta, até que ele já tivesse voltado a ganhar peso e a ileostomia estivesse um pouco mais adaptada e começamos com o suco de laranja lima.
A introdução das frutas foi como a de qualquer criança: laranja lima, maça, pera, mamão e íamos observando o que acontecia.
Sempre achei que ele seria "bom garfo" pois ele sempre mamou bem, mas não foi assim com as frutinhas e não foi assim com a papinha.
Como ele não aceitou bem os suquinhos, entramos logo com as papinhas de fruta. Porém continuávamos a tentar os suquinhos pela manhã.
Quando chegamos no suco de  melancia, descobrimos um algo que ele adorava.
E adivinhe o que aconteceu? Soltou o intestino...
Não é muito fácil perceber isso numa criança com ileostomia, mas nessa época ainda estávamos pesando o João diariamente e, depois de 4 dias seguidos perdendo peso, resolvi ligar para o cirurgião.
Ele falou que poderia ser por causa das frutinhas ou que poderia ser uma virose e pediu para cortarmos tudo e voltarmos a dar uma dieta só de leite por uma semana.
No segundo dia só com leitinho, ele voltou a ganhar peso. Depois de uma semana já tinha recuperado quase tudo e voltamos com os suquinhos e papinhas de fruta e também começamos com o almoço.
No começo ele comia muito pouco e acho que isso contribuiu para que ele deixasse de ser o bebê gordinho que ele era.
Tinha dias que ele comia 3 colheradas de papinha salgada. Foi um processo MUITO lento, até ele começar a comer com um pouco mais de vontade e até hoje ele ainda dá trabalho para comer.
Mas agora o trabalho é só com o salgado, pois tudo que é docinho ele já gosta e muito!
As papinhas salgadas eram feitas com cenoura, batata e carne ou frango (tudo batido no começo).
Depois fomos introduzindo outras coisas na papinha: abobrinha, abóbora, feijão, espinafre, chuchu, etc.
Sou um pouco medrosa então não dei muita verdura neste começo, além de um pouco de espinafre na papinha.
Também comecei a dar bolacha Maizena, Danoninho, pão e biscoito de polvilho.
Cortei o suco de laranja para dar suco de Goiaba (daqueles de garrafa para diluir em água) ou então o suco de maça da Yakult que é sem açúcar e sem conservantes.
Como ele gostava muito do suquinho de melancia, dava uma vez por semana, assim não corria o risco de causar qualquer problema.
Depois dos 6 meses passei a dar o NAN 2 PRO, e como ele estava tomando menos leite e não comia tão bem, passei a colocar Mucilon nas mamadeiras.
Com o tempo comecei a dar arroz misturado na papinha.
Com 9 meses ele já comia carne moída, frango desfiado, arroz e legumes raladinhos.
Tinha um pouco de medo de dar pedaços grandes por causa da ileostomia. Então ou fazia um purê com os legumes ou ralava e cozinhava junto com o arroz.
As frutinhas eu processava até ficar uma papinha e ele passou a gostar muito destas papinhas doces.
Comecei a colocar Farinha Láctea e Mucilon nas papinhas doces para suprir mais um pouco do que ele não comia na hora do salgado.
Minha regra até hoje é a seguinte, desde que o alimento não solte o intestino já na primeira vez, não vou deixar de dá-lo. Por exemplo, sei que se der o Danoninho 2 dias seguidos, ele pode soltar o intestino, então dou 2 vezes por semana no máximo.
Sigo a mesma regra para o mamão, melancia e para o feijão e a lentilha, que podem dar gases se dermos por dias seguidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário